As conexões, o aprendizado e a prática continuam sendo explorados, mas desta vez no exterior.

Em outro país, uma semana de seminários em universidades internacionais, visitas cultuais que geram conexão com gestores de diversas partes do mundo.

Cada edição é única e gera seu próprio modelo, cada experiência é autêntica.

+80

+30

empresários, executivos e gestores já participaram das três edições open training

empresas de diversos portes e segmentos estiveram presentes

OPEN TRAINING

IN COMPANY

Para realizar sua turma in company, fale conosco aqui ou realize um orçamento online

Envolva-se conosco e juntos definiremos a melhor solução para a sua organização, contextualizada para o negócio e o segmento. Escolheremos o foco, o país, a dinâmica das aulas, visitas culturais e empresariais.

O resultado é uma solução integrada que permite que sua organização conecte o aprendizado e a prática através da imersão neste programa global.

O programa internacional nos proporcionou uma interação com profissionais e empresários durante uma semana com muito trabalho. Não somente no campo teórico, durante os seminários com docentes muito bem preparados, mas também na prática através das visitas às empresas que nos trouxeram informações ricas e que fomentaram debates muito proveitosos.

Sandra Fernandes, Sócia Diretora da Comepi | Participante em 2014

Tive a oportunidade de juntar duas coisas: Conhecer um pouco da cultura europeia e também ter um belo aprendizado com os professores de qualidade. Oportunidade de rever muitos conceitos e conhecer negócios diferentes que acrescentam no desenvolvimento do pensamento de fazer as coisas diferentes. É isto que vou levar aqui.

Ronaldo Mota, Diretor Executivo do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas (CIEAM) Participante em 2015

O programa internacional da MB Executive School nos traz a oportunidade de vivenciar a nossa experiência como gestores e a prática que temos nas organizações, mas também a experiência que nós temos como pessoas. Há uma diferença entre o treinamento que se faz formal e a experiência sensorial que temos aqui. Nesta versão, a experiência de termos visualizado as coisas no sentido da inovação nos instigou como indivíduos e, portanto, como gestores a tirar o melhor de nós para entregar à nossa equipe. Vendo agora o programa de 2014 e o de 2017, eu percebo uma evolução minha como gestor. Aquilo que eu consegui extrair da primeira versão e praticar ao longo desse período, eu tenho oportunidade de medir isto e perceber que ainda tenho como evoluir muito mais. É uma experiência fantástica.

Francivaldo Bandeira, Diretor de Tecnologia e Informação das Lojas Bemol | Participante em 2014 e 2017

Desenvolvido por

Horizontal-01.png
  • Facebook
  • Instagram
  • Canal do YouTube
  • LinkedIn
  • Localização